Online

There are no users currently online

Transferir Téritos

My Balance

Login para ver teu saldo

Setembro 23, 2021

UNEBRASIL

Membros Afiliados

57 thoughts on “A Primeira Conversa

  1. Farei mais exercícios e falarei mais sobre, por enquanto mantenho o comentário últimoe acrescento que, se eu olho do desdobramento atemporal, me vejo como Sophia já, que se entrega plenamente por já conhecer todo processo, por prudência, mas daqui pra lá, no tempo, me vejo como Pistis, mordo a maçã, desde pequeno eu já morderia a maçã. Uma frase que já deixei até no Orkut e em 2013 tem publicação minha no face dizendo “Não cai do céu, pulei de pontas”.
    Então eu vejo no atual momento minha essência como Pistis, pois sempre estou fluindo, independente de qual perspectiva eu olhe. Vou fazer mais e tentar detalhar o que vejo na forma. Mas traduzindo é isso, analisando os exercícios e mesmo essa vida, sempre me vejo dessa forma, fluindo, Fé, seja ela prudente ou não eu me vejo sempre fluindo. Meu signo é da água, sou escorpião, se estou certo sobre ser água, água flui…
    Deixarei logo mais desdobramentos. Obg mestrão. Luz p’ra nós.

    1. Esse momento aterrorizante de Pistis.. de ver ela no passado no outro, recebendo conselho dela mesma.. isso é familiar pra mim essa sensação, de estar preso nesse looping. Já tive uns deja vus assim. As vezes com eles eu tenho deja vus de deja vus.. é algo que só vendo. Meio que é um deja vu que me vem uma cena, o tempo passando e já tô no futuro e percebo que tô nessa cena do deja vu, mais aí eu já to tendo um deja vu vendo a cena que tive o deja vu que vi, essa cena do futuro, ou seja aquele primeiro lá, a cena de eu ter aquele primeiro deja vu prevendo o futuro me vem em memória.. é algo zoado.
      Mas enfim… eu escrevi mta coisa aqui agora e apaguei, porque ja resolvi, percebi que quando fui uma pessoa aparentemente Sophia, era eu almejando tentando ser. Eu tentei ser sincero e da ordem e tal, nessa época da igreja e tal e ser verdadeiro, mas não abraçar quem sou eu adotei a personalidade de um lawful good tlg? Tentei ser oque pra mim eu achava a personalidade de alguém sincero.. ao invés de abraçar a sinceridade.. oque foi falso. Embora eu tenha criado morais e aprendido lições em mim que nunca tive. Tenho a aura amarela, sou de gêmeos.

  2. Eu ouvi e re-ouvi, li e reli, analisei toda minha caminhada e etc… nesse diálogo sempre me vejo como Pistis, quando me vejo como Sophia já é se entregando no abstrato já por entender o processo, então já é fé por prudência, não consigo fugir disso. Sempre to ali seguindo o abstrato, seja por lógica ou seja sem ela mesmo, não entendi mas sei/sinto que é, ai tento entender o que sinto, sempre assim.

  3. Quando li o gênesis a anos atrás, muito tempo mesmo, eu já fiquei encantado com a parte do conhecimento do bem e do mal, fui pra igreja evangélica e me batizei, fiquei apenas qiuase 6 meses, nesse tempo eu, por ler muito a bíblia e tal, o pastor disse que Deus havia lhe revelado que eu tinha o dom da palavra, ai fui prepar, “preguei” até em cadeia e tal, ainda assim algo me incomodava, parecia que eu tava preso e que faltava algo pra eles entenderem, me sentia mais entendido que o pastor e os outros mais altos lá na hierarquia da igreja. Isso me fez sair e estudar o oculto, através do Raul Seixas que eu sou fã, ouvia muito, ele me fez questionar muitas coisas com suas letras; “Um messias indeciso”, “Paranóia”, “Eu SOu Egpísta”, Nuit”, “Carpinteiro do Universo”, “Loteria da Babilônia”, “Gita”, “Ouro de Tolo”, “Pastor João e a Igreja Invisível” etc… Fui estudar Crowley, Bagvagita, Etc… ai voltei pra bíblia anos depois, estudei com Testemunhas de Jová e etc… sempre tentando entender pq

  4. Salve salve, Mestre! Não sei se fiz o exercício de maneira correta. Por intuição, primeiro li o texto, depois ouvi o audio. Concentrei de olhos fechados e vi algo como se fosse minha centelha em Sophia, com receio de ser desobediente, mas em seguinda Pistis me levou ao movimento. Senti uma interação nesse processo, fiquei em imersão durante um tempo e vi algo como se fosse os espíritos de Adão e Eva interagindo em pureza. De repente, voltei da imersão sentindo o dedinho de cada pé sendo estimulado, como se fosse o movimento das polaridades.

    Isso é diferente do que senti no primeiro exercício em que me enxerguei nessa linha binária como Pistis e depois em Sophia me reposicionando.

    O “engraçado” é que não me sinto confuso, o paradoxo não me constrange e reconhecer minha limitação me gera alívio, realmente um paradoxo sustentando meu espírito. Deus é Maravilhoso! Sua grandiosidade transborda e me faz sentir o quão pequeno sou e isso me faz sentir que meu espírito é grande. Pequenino, mas grande, limitado e em movimento.

    Gratidão, Mestre! A cada dia que sinto evolução, vejo o tanto que não sou nada.
    Luz p’ra nós!

  5. Assim como o mestre Leandro, me posiciono em Sophia logo após compreender o processo que organiza o sentido de tudo. Amar o papel e sacrifício de cada um e me ver como parte do mesmo é minha prudência. Por outro lado, nos diálogos sempre me coloco confortavelmente em Pistis. No cotidiano da comunhão com as emoções, a lógica e a natureza fica nítido uma essência Pistis.

  6. Grato, mestre!
    Então, nesse exercício eu me vi ainda mais como Pistis; primeiro a sensação, depois a razão, a prudência. Desde moleque (não lembro a idade ao certo) eu já questionava a bíblia. Minha família por parte de pai foi se tornando evangélica toda evangélica, e obviamente tentavam me converter, mas logo que li Gênesis, já me veio um milhão de questionamentos, não senti a coerência, e sim, que ainda faltavam um monte de respostas ali, e daí pra frente também, tudo que lia da Bíblia, notava incoerências, e acabei me “virando contra Deus”, e por consequência disso, me vi ateu, mas sempre com a pulga atrás da orelha, o que fez com que eu não permanecesse muito tempo no ateísmo… e nunca fui um ateu daqueles “fervorosos”, tipo crente do avesso… era mais revolta mesmo, enfim… depois me vi agnóstico, até enveredar pelos caminhos da espiritualidade, ocultismo, tudo o que há nesse meio (antes, era mais fascinado pela Filosofia, principalmente por Sócrates) porém sempre desleixado pra leitura, como é até hoje… nada de livros, minha fonte era basicamente o youtube mesmo rs. Enfim, digo isso pra enfatizar que meu lance é no flow mesmo… sempre contando mais com a minha intuição, minhas sínteses, do que com as informações externas. Bom, basicamente é isso aí… antes me veio a vontade de ir além, acessar logo tudo, e só depois veio a prudência e portanto, o retorno para Deus, ou seja, agora… mas obviamente, esse “agora” tem todo um processo, no qual eu já estava aberto, receptivo, é claro. Foi mal, preciso escrever menos… acho que falei muito do meu “eu temporal” de novo, talve sem tanta necessidade. Mas tá aí, fluiu, não vou apagar kkk. Valeu!

    1. Mestre, na minha vida inteira eu me posicionei como Pistis, esse teatro não fazia muito sentido, para mim, entao adorava cair de cabeça, e me achar o dono o dono do meu amanhaa. Mas apartir do momento que pude começar a compreender a síntese(do fundo do poço) , e aprimorá-lo com a ajuda da escola me vejo hoje como Shopia.

  7. Salve, Mestre!
    Fiz o exercício com ruído rosa e a Genesi 1 e com toalha molhada. Não senti sufocar e não senti medo, tive uma sensação confortável dessa vez e
    durou 30 min. Porem, diferente da primeira vez que fiz esse exercício, comecei a orar, pai nosso, fiz afirmações ” aonde eu estiver Deus está comigo” e até o final fiz a oração dos humildes. Em nenhum momento senti medo, da outra vez estava tudo muito escuro, coração parecia que ia pular pela boca de tanto medo! dessa vez escureceu e logo ficou claro, vi o violeta em ondas, como da outra vez. Meus pés, pernas e mãos pesaram e formigaram. Vi muitas coisas, uma cachoeira com agua de espuma suja (tipo espuma do mar quando ta agitado). Vi e senti eu morta, boiando, em algum mar ou rio, vi pessoas enfileirados atravessando dos meus pés em direção a minha cabeça, vi um índio vindo na direção da minha cabeça. Vi crianças… Senti e vi “de cima” meus pés e pernas serem embrulhados em uma lama com pessoas que estao com essa lama, o pescoço e a cabeça delas não aparecia. Eram pássaros e viraram maos, só haviam as mãos “brancas” delas me puxando. Senti meu corpo girando e girando em um círculo vazado feito de penas brancas.
    Senti dessa vez que a fé Foi infinitas vezes maior e queria perguntar se posso continuar fazendo dessa forma? (Com a oração dos humildes, que me ajudou muito a superar os medos.)
    Sinto que pistis, começa a me aliviar a alma. Observei que há um conflito entre fé e prudência quando quis que o áudio terminasse logo e depois quis que eu pudesse continuar naquele alíviante, claro e aconchegante estado e ao mesmo tempo me sentia tb aliviada por sentir minha barriga respirando na blusa “sinal de que meu corpo estava ali”. Então… um medo ainda de “largar o corpo” paira na mente, e alívio tb por o mesmo corpo girar sem sentir medo qualquer medo, pois Deus estava “lá”.
    Vou fazendo mais vezes, dessa vez fiz depois de desdobramentos “ruins” binários, e não senti aquele medo e da outra vez estava tudo as mil maravilhas e tive a pior das sensações…
    Gratidão eterna, Mestre Bob
    Luz p’ra nós 💜

  8. Eu me vejo em Pistis, ainda mais agora com uns dobramentos binários que estão acontecendo comigo, sai do trampo e preciso da ajuda do abstrato pra alcanças algumas metas, tive que suportar algumas coisas que desdobraram devido a isso, fiquei com gripe, torcicolo, muitos pensamentos negativos, coisas do tipo ‘eu não soy capaz’, ‘vc é obrigado a fazer oque odeia pq nào tem potencial pra ir além’, tinha vontade de gritar por socorro, desesperado por realmente não ter o controle, mas entendia que isso era muita coisa do coletivo tbm e assim como vc ensinou Mestre levei essas coisas pra Deus, a fé ainda que apedrejada não se deixava abalar, orava com lógica me lembrando o por que acredito em Deus e que tudo aquilo iria passar, levava essas coisas até Deus pra que eu pudesse ter um pouco de alivio em meio ao caos que tinha se estabelecido, sinto tbm que pra não me perder de vez tenho que ser prudente, e essa prudencia é acreditar/confiar e tbm fazer minha parte; acabei de fazer mais um exercício, uma hora escutei alguém nitidamente chamar meu nome, pensei que fosse alguém aqui no fisico e senti o medo percorrer meu corpo, como se eu estivesse prestes a ser descoberto ou fosse passar por algo vergonhoso, ainda ligado com oque as pessoas vão pensar de mim, olhei isso de cima com mais facilidade quando percebi que não era ninguém, esse medo fez eu me aterrar oque de certa forma foi bom pq eu ja tava vagando no exercicio, em determinado momento vi tbm algumas crianças arrumando cadeiras de uma sala de aula, enfim, me vejo em Pistis desde pequeno, e esse atual ciclo afirma ainda mais isso, vc me convenceu a acreditar Mestre, é como se a sensação estivesse entregue a lógica inegável, então quando a sensação está assimétrica, trago ela de volta com a lógica, e é doido pq a sensação tbm corrobora a lógico, eu sinto a verdade me abocanhar, é isso; Pistis.

  9. Sempre me vejo mais como Pistis e depois sophia , estava fazendo o exercício agora e senti muita dificuldade em fluir por estar enfrentando alguns problemas no teatro, mas em alguns momentos vi símbolos e desenhos geométricos como se fossem um tapete etnico, varios desenhos e formas, por um instante vi o rosto de um leão que virava o rosto de Jesus na forma q acostumamos ver , e eu ia visualizando as partes desse “tapete”… Depois vinham alguns flashes dificeis de dar forma , vi o rosto de um felino, mas era mais pra uma onça pintada, vi um triangulo que parecia em 3d me remetia a uma piramide, vi tornados enormes que mudavam de forma e tamanho cada vez q vinha o flash.. Não me recordo com clareza de tudo, foi bem confuso algumas vezes. E eu sempre fluido e ao mesmo tempo querendo dar forma pro que via , ora em Pístis me permitindo fluir e ora em Sophia tentando entender o que via.

    1. Eu fiquei mais de meia hora fazendo o exercício tentando não pegar no sono rs estava indo bem quando acordei com meu filho caindo em cima de mim (ele ta na cama e eu num colchão no chão) eu estava tão relaxada que levei um susto enorme! Vou tentar fazer de novo quando sentir. Gratidão Mestre por tudo 🙏

  10. Ainda não consegui ter muitos resultados com os exercícios em relação a constatar qualquer sinal mais próprio de vidas passadas.
    No entanto acho que sou mais Sofia mesmo, é o que mais predomina, apesar de ficar confusa e achar que posso ter bastante dos dois momentos.
    Digo isso pelo seguinte exemplo: muito de como ajo e penso é devido às experiências minhas e as que observo em outras pessoas e o que aprendo e considero o correto, verdadeiro ou justo. Então, muitas vezes eu ajo e tento pensar de uma forma não porque eu sinta isso desde o início, mas porque procuro agir dentro da justiça. Claro que muita coisa com o tempo acabo sentindo como uma sensação já incorporada em mim. Muita coisa já sentia desde criança. Pode ser também o apego ao ego que me impede de progredir mais. Sei portanto que ainda tenho muito que aprender e experienciar pra poder dissolver esse ego. Já tive momentos e sinais que me levaram a reconhecer o que acredito que me falta (não tudo, é claro, não sou nenhum ser tão elevado assim rs).
    Acho que tenho que levar mais chibatadas da vida? 😱😅
    Sei também que me adapto bem às circunstâncias, sei que a melhor maneira é apenas aceitá-las (aqui entra a lógica). Enfim, desculpe se não relatei experiências dos exercícios. Uma hora consigo, e acho que não deve demorar muito. Gratidão 🙏

  11. Quis dizer, sou pistis primeiro depois sofia na tese (minha essência, momento inicial, morder a maça).
    Na antítese sou sofia primeiro e depois pistis (prudência antes de fé e fluir, planejar antes de fluir).
    Na síntese sou mais pistis que sofia, prefiro deixar td fluir e me entregar cegamente a fé, deixando o q for pra acontecer acontecer, entregando nas mãos de Deus e só fluindo, deixando a prudência em segundo plano).

  12. Gratidão mestre, antes de conhecer a escola me sentia mais pists, tinha verdadeira obsessão por conhecer Deus por que não me conformava com as injustiças, hoje tu me mostrou que Deus é real me deu as respostas que buscava então me sinto muito mais Sofia estou confortável na obra, ao fazer os execícios de início tive medo mas agora relaxo bem e apago, não sei se durmo, apago por em média 15 minutos e quando volto fico com a sensação de que preciso lembrar de algo, tem sido assim para mim.

    Estou sofrendo forte censura do meu coletivo, minha família consanguínea é muito religiosa e presa no sistema e meu marido é ateu trader na bolsa ele defende o sistema financeiro fez um inferno aqui em casa quando descobriu as vesses que ajudei a escola com dinheiro, e quer que apague os vídeos do You Tube, bom tenho feito escondido. Não consegui mandar os dados para fazer o cadastro por que tenho certeza que se mandar escondido e carteirinha chegar aqui via correio ou ele descobrir de alguma forma não sei o que pode acontecer comigo, infelizmente no momento dependo dele para tudo, sigo firme nos clics e continuo alimentar o canal que fiz para escola, e farei novamente os exercícios para ver se faço progressos. Desculpe o desabafo. Gratidão luz pra nós!

  13. sempre fui sophia desde que a lei caiu por chão na minha visão, agora phistis não ligo pro mal pois e aliado e momento que divido independente da situação, mesmo com o binario me fazendo me debater de odio jogo minha vitoria e derrota pra amanha, flui ate cair de cara e volto pela fé, prudencia tenho na boca pra não machucar quem antes eu queimava por falar demais quem não conseguia ouvir,hoje sigo sozinho na ignorancia coletiva e com a suberba que o agora me foi tomado e quero de volta^ me encontrei em HU procurei em RA ate cair em KA aqui eu me sinto, de ptah so tenho a economia e meu lado logico.

  14. Mais um sonho rs. Mas sempre fazendo os exercícios. Estava no meio de um caos de em um reino por causa de acontecimentos traumáticos, perdas, o rei queria fugir da responsabilidade do trono ele tentava forjar a própria morte ou simplemente sair. Vi pessoas cavando uma cova mas não tinha nenhum corpo, ele estava desesperado. Vi a rainha de vestidos amarelo clarinho cabelos com um penteado preso, parecía muito triste e também decepcionada além de todo os problemas ficaria sozinha pra resolver tudo. Vi os acontecimentos mas senti todos os sentimentos envolvidos.

  15. Com 8 anos de idade eu tava questionando a existência desse Deus personificado.
    Eu chorei uma vez na janela pedindo pra que ele falasse comigo, com 8 anos.. pra que ele literalmente falasse, talvez ele me mostrou algo que eu não vi. Mas daquele momento eu não acreditava tanto em Deus. Mas ao mesmo tempo eu olhava tudo e sentia que não acreditar era cegueira. Eu era uma criança bem mental que ensinava até adulto.. saudade dessa pessoa que fui.
    Eu falava que todo mundo ia pro inferno no fim sabe, mas eu não temia, tô aqui hoje, então whatevers. Bora de tobogã. Eu nunca fui a pessoa que ficava na ordem, meu emocional passava dela, e aí eu arranjava desculpas, ou sentido real mesmo.
    E assim eu sempre questionei as coisas da bíblia e falava aos outros, não no intuito de tirar elas de lá por revolta nem nada.. mas por puro questionamento e vontade de falar.
    Já me vi tentando ser Sophia muitas e muitas vezes mas sempre acabo sendo Pistis, que é quem sou no meu natural mesmo, ser Sophia, embora eu almeje as vezes, nem sempre consigo e quando consigo gosto, mas me manter em ordens e dogmas por medo de questionar esse não sou eu, se for de acontecer eu nunca me sentiria tão preso, ou tão robotizado ou tão burro. Eu virei um conservadorzinho antes de conhecer a escola. Porque por buscar realmente a verdade, eu me deixei submeter à leis da bíblia.. se o que falam é que assim é o caminho para os céus e esse é o propósito da criação vamos ver né.. tão Pistis que não temi ser Sophia acho, minha ex namorada era da universal, e numa epoca onde eu comecei a ter idéias boas sobre oque é isso, devido a uns questionamentos ela me convidou a ir na igreja dela, eu fui sem nem pensar e mesmo se eu não gostasse acho que porque gostava dela eu ficaria lá.
    Ela tava me avaliando se eu era o suficiente pra ser marido dela vendo se eu ficaria na igreja porque ela não aguentaria um namoro com alguém “do mundo”. Eu fui com várias idéias sobre Iluminati, falsos judeus, os verdadeiros judeus, e acreditava em reencarnação, chegando lá eu ouvi muita bosta e não podia questionar nem pensar, então entreguei até isso lá também, sem medo. Puta lavagem cerebral lá.
    Mas aí eu tava vendo umas coisas sobre maçons, e foi facinho achar coisas sobre Edir Macedo e maçonaria. Tive medo até de ver vídeo e sair da igreja e terminar cm minha ex, mas era pela verdade, eu tava buscando ela já a um tempo, eu tava bem conservadorzao cara, bem robô, tava muito na cara que ele era maçom, eu não queria me envolver com plano de Iluminati. Aí eu saí e eu tava burro, robô, não por isso mas nessa época eu tava muito focado em ser racional preto no branco, focado em fatos etc.. eu tenho uma personalidade muito moldável mudo mto, nunca fui tão cego quanto naquele tempo. Eu tava com problemas pra pensar, raciocinar.. uma loucura, Minha ex terminou comigo por essa besteira da igreja.
    Sem aceitar os erros, que sou falho e sem pensar e questionar, somente na ordem e no medo, não me sinto todo. Prefiro ser completo do que ser bom. Se eu posso ser completo e bom, aceitar meu caos e agir na ordem, ser sophia, eu ia querer.
    Tô confuso um pouco. Mas sou muito Pistis simples assim. Só tô indo fundo o suficiente pra pensar se eu sou Pistis desde sempre ou Sophia que virou Pistis….

  16. Esse momento aterrorizante de Pistis.. de ver ela no passado no outro, recebendo conselho dela mesma.. isso é familiar pra mim essa sensação, de estar preso nesse looping. Já tive uns deja vus assim. As vezes com eles eu tenho deja vus de deja vus.. é algo que só vendo. Meio que é um deja vu que me vem uma cena, o tempo passando e já tô no futuro e percebo que tô nessa cena do deja vu, mais aí eu já to tendo um deja vu vendo a cena que tive o deja vu que vi, essa cena do futuro, ou seja aquele primeiro lá, a cena de eu ter aquele primeiro deja vu prevendo o futuro me vem em memória.. é algo zoado.
    Mas enfim… eu escrevi mta coisa aqui agora e apaguei, porque ja resolvi, percebi que quando fui uma pessoa aparentemente Sophia, era eu almejando tentando ser. Eu tentei ser sincero e da ordem e tal, nessa época da igreja e tal e ser verdadeiro, mas não abraçar quem sou eu adotei a personalidade de um lawful good tlg? Tentei ser oque pra mim eu achava a personalidade de alguém sincero.. ao invés de abraçar a sinceridade.. oque foi falso. Embora eu tenha criado morais e aprendido lições em mim que nunca tive. Tenho a aura amarela, sou de gêmeos.

  17. Me enxerguei mto em Pistis convencendo Sophia. Já fiz isso muitas e muitas vezes.
    Quando ela se viu ali como Sophia no futuro, que ela era Sophia que ouviu de Pistis que era Sophia, ou ela mesma não sei mais. E sentir essa agonia de estar em um looping porque ela é a causa dela mesma.

  18. Acho que sou Sophia antes e depois. Do tipo: Não vamos desobedecer. Aí Pistis me convenceria. E depois, de convencida a morder e ter mordido e vendo Pistis se arrepender, o convencimento anterior persistiria e seria agora eu a convencer Pistis que ela estava certa, então vamos morder a maçã de novo ^^;.

    Na tese Sophia, na antítese Pistis e na síntese Sophia. Creio que seja isso.

  19. Não dei meu parecer antes por não me sentir ter uma resposta. Escuto claramente as palavras do áudio e do texto mas é como se em minha cabeça tudo formasse uma grande confusão, como se eu não conseguisse dar forma à informação a qual eu preciso refletir. Me falta clareza de definição. Por enquanto, depois de quase um ano refletindo sobre isso, ainda me sinto confuso na definição, mas sinto a necessidade de compartilhar algo: Durante toda a minha vida, segui um fluxo que eu mesmo não compreendia, eu sabia que estava seguindo um fluxo, mas n sabia o pra que, porque, nem pra onde estava indo, porém quando criança pensava pouco sobre isso, sempre foi mais fácil segui o fluxo pra mim. Seguir o fluxo ficou mais difícil quando comecei a ter que fazer decisões importantes na minha vida, e mesmo assim, sempre optei por seguir o fluxo, creio que posso dizer que de forma imprudente, sem pensar nas consequências, apenas por ser mais fácil e eu ter dificuldades de não seguir meu coração. Mesmo que parecesse na lógica que eu iria me fuder no final, eu desde cedo optava por confiar, mesmo que pouco imprudente. Hoje, eu me sinto ainda mais disposto a confiar, mas hoje essa confiança e esse fluxo de fé é muito mais forte e presente em mim, graças a prudência que aprendi a ter após morder a maçã. Posso estar me autoanalisando de forma equivocada por ainda me sentir confuso em relação a essas questões, mas sinto uma coerência em me ver hoje como sophia após morder a maçã. Me sinto a prudência carregado de Fé. Meio paradoxal e confuso (ao menos para mim), mas creio que é a melhor maneira que consigo definir a minha síntese de tudo isso após 1 ano refletindo. Ainda hoje eu penso: “Como pode algo aparentemente tão simples, ser tão abstrato e confuso?” a sensação que essa confusão me causa é de pequenez e impotência. Mas tudo com o tempo se esclarecerá, são muitos anos de embaralho e confusão teatral. Sou e serei eternamente grato pelos conhecimentos adquiridos nessa escola santa. Luz p’ra nós

Deixe uma resposta

Escola de Lucifer - Unebrasil | Newsphere by AF themes.